1 de novembro de 2017

Tá Na Estante :: 'Garotos de Lugar Nenhum' #707

POSTADO POR EM 1 de novembro de 2017

Oi, gente. Tudo bem?


Essa semana concluí a leitura de um livro bem rapidinho e hoje vim contar o que achei da obra em questão, que foi lançada pela Rocco recentemente e é uma adaptação da série Nowhere Boys, que tem duas temporadas disponíveis na Netflix. Vamos conferir?!
Livro: Garotos de Lugar Nenhum
Autora: Elise McCredie
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 296
Sinopse: Já imaginou retornar para casa depois de uma excursão da escola e descobrir que ninguém se lembra de você? Que sua existência simplesmente foi apagada, como se você nunca tivesse nascido? Parece um pesadelo, mas é o que acontece com Felix, Andy, Sam e Jake em Garotos de lugar nenhum, versão em romance da primeira temporada do famoso seriado de TV australiano Nowhere boys. Depois de passarem uma assustadora noite de tempestade perdidos na floresta durante o que seria um passeio rotineiro a um parque nacional da região, os meninos finalmente conseguem retornar para casa. Mas, estranhamente, ninguém os reconhece, nem mesmo seus familiares. Presos em um universo paralelo onde eles não existem para o mundo a sua volta, os quatro tentam entender o que aconteceu quando percebem que uma força das trevas está à solta. E precisam lutar para restaurar as coisas, antes que ela os destrua de uma vez por todas.
Felix é um garoto emo gótico urban conceitual. Ele e a melhor amiga, Ellen, são as párias da sociedade escolar e não se dão com mais ninguém. A vida de Felix não é nada boa desde que seu irmão, Oscar, sofreu um acidente e perdeu o movimento das pernas. Desde então, seus pais esqueceram da existência dele e só se preocupam com a saúde do caçula.



Andy é descendente de uma família que veio de Cingapura. Sua mãe e sua avó são extremamente protetoras e acreditam que o menino é frágil e indefeso demais. Contudo, Andy é um garoto muito esperto e quer provar que consegue se virar sozinho mediante qualquer desafio.

Sam é o caçula de três irmãos e leva uma vida excelente. Namora com a garota mais popular da escola, faz manobras incríveis no skate e não precisa se preocupar com mais nada. Já Jake sofre com os problemas financeiros da mãe, mas a ama acima de qualquer coisa. Ele é o típico valentão, mas é perceptível que desconta suas frustrações em casa naqueles da escola que "pedem para ser zoados".

Esses quatro jovens que veem suas vidas mudarem completamente após uma saída de campo com a escola. Os quatros são completamente diferentes uns dos outros e não tinham contato nenhum antes de tudo acontecer. Eles só sabem que, após passarem uma noite perdidos na floresta, voltaram para casa e aparentemente deixaram de existir. Como isso é possível? E por que logo eles?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!
***


Sempre que eu vagava pela Netflix à procura de algo pra assistir, a série Nowhere Boys me chamava atenção, mas nunca parei para realmente vê-la. Então, quando a Rocco anunciou o lançamento de Garotos de Lugar Nenhum, que é baseada no roteiro da série, resolvi solicitar e arriscar a leitura. E bem, talvez fosse melhor ter ficado só na vontade.
Após ler os primeiros capítulos do livro, resolvi assistir o piloto da série e vi que a obra está bem fiel à série que lhe originou. A escrita de Elise McCredie é leve e envolvente. Contudo, a obra vai para um lado que eu não esperava e isso não me agradou. Sei que não é culpa do livro - nem da série - eu ter criado expectativas diferentes, mas não consegui gostar mesmo.
Todavia, o mistério inserido na narrativa me agradou. Desde o princípio sabemos que Felix está envolvido de alguma forma no que aconteceu, mas até entendermos o que ele fez, pistas vão sendo jogadas e foi muito legal ir coletando-as e desvendando-as, até que o desfecho fosse revelado. Isso valeu mesmo a pena.

A narrativa é em terceira pessoa e alterna as perspectivas dos quatro protagonistas a cada capítulo. De longe o que eu mais gostei foi Andy. Seu jeito nerd e atrapalhado rendeu ótimos momentos cômicos. Também gostei muito de Jake, que aos poucos foi mostrando que por trás da pose de valentão tinha um grande coração.



O final foi o que mais me desagradou. Não sei se ele é o mesmo final da série ou só da primeira temporada, mas achei bem desnecessário. A mistura de magia com demônios e outras dimensões foi coisa demais pra eu assimilar. E tenho certeza que muitas pessoas também vão revirar os olhos.

Em suma, Garotos de Lugar Nenhum não é o meu tipo de leitura e, sinceramente, não sei se eu recomendaria. Mas, se quiserem se arriscar, toda tentativa é válida. Vai que vocês gostam mais do que eu...

Beijos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Leo!
    Gosto de livros de fantasia no estilo, onde tem outras dimensões e os personagens podem confrontar sua vida antiga com o novo lugr em que estão, gosto também de todo o vlima de mistério que permea a trama.
    Pena que algumas questões ficaram sem resposta, mas pelo jeito, teremos mesmo um novo volume.
    Desejo um mês repleto de realizações e um final de semana de luz e paz!!
    “O que mais me interessa saber, não é se falhaste mas se soubeste aceitar o desaire.” (Abraham Lincoln)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Mas, você continuou vendo a série? Fiquei na dúvida rsrsrs. A premissa do livro pareceu interessante, mas se a explicação no final do livro realmente não for boa... É como se tivéssemos perdido tempo. Não me lembro de ver essa série na Netflix, vou procurar. Abraço!

    ResponderExcluir