24 de novembro de 2017

Tá Na Estante :: 'Obsidiana' #716

POSTADO POR EM 24 de novembro de 2017

Oi, gente. Tudo bem?


Estou de volta hoje com mais uma resenha para vocês. O livro da vez é o primeiro da Saga Lux, uma das minhas séries literárias favoritas da atualidade. Vamos conferir?!
Livro: Obsidiana
Série: Lux (#01)
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina
Páginas: 320
Sinopse: Começar de novo é uma porcaria. Quando nos mudamos para West Virginia antes do último ano de curso, eu tinha me resignado ao sotaque engraçado, ter conexão de internet ruim e me cansar da vida monótona como uma ostra... Até que eu vi meu vizinho sexy, tão alto e com esses impressionantes olhos verdes. As coisas pareciam estar melhorando. E então ele abriu a boca. Daemon é insuportável e arrogante. Nós não nos damos bem. Nada, nada bem mesmo. Mas quando um estranho me atacou e Daemon congelou o tempo, literalmente, com um movimento de sua mão... Bem, algo aconteceu... Inesperado. O sexy alienígena que vive do outro lado da rua. Sim, você ouviu direito. Alien. Acontece que Daemon e sua irmã têm uma galáxia cheia de inimigos que querem roubar suas habilidades, e o toque de Daemon fez com que eu parecesse um daqueles sinais luminosos em Las Vegas. A única maneira de sair dessa viva é ficar colada a Daemon até que minha "luz" extraterrestre se apague. Isso se eu não matar a Daemon antes, claro.
Há três anos o pai de Katy morreu e agora, finalmente, sua mãe resolveu recomeçar sua vida. O problema é que ela decidiu-se mudar da Flórida para West Virginia, em uma cidadezinha no meio do nada, chamada Ketterman. 

Katy é uma blogueira literária e prefere passar o tempo com seus livros e postando TAG's no seu blog, mas sua mãe insiste para que na sua nova cidade a garota interaja mais com os jovens de sua idade e o começo perfeito seria com seus novos vizinhos, que parecem ter sua idade.

Foto por Estante Diagonal


Determinada a atender o pedido da mãe, numa manhã Katy bate na porta da casa ao lado, para perguntar onde fica o mercado mais próximo. O que ela não esperava era que quem atenderia seria um cara espetacular, seminu, que a trata com extremo desprezo e arrogância. Com raiva e humilhada, Kate vai embora para encontrar o mercado.

No local, ela é abordada por uma linda garota, que conta se chamar Dee e ser a irmã gêmea de Daemon, o vizinho arrogante. Só que Dee é o extremo oposto do irmão e logo ela e Katy tornam-se grandes amigas, o que desperta ainda mais a ira de Daemon, que Dee ser extremamente protetor para com ela.

Ketterman pode ser uma cidade pacata, mas parece esconder inúmeros segredos. Eventos inexplicáveis tem acontecido na cidade e parece que Daemon e Dee estão sempre envolvidos. Katy tem certeza de que a rapidez com que Daemon se move não é normal, assim como jura ter visto através de Dee algumas vezes.

Quando Dee precisa viajar para visitar a família, pede que Daemon faça as pazes com Katy e esconde a chave do carro dele para forçá-lo a tal. Com isso, Daemon convida Katy para nadar com ele no fim de semana e, por incrível que pareça, mostra-se um verdadeiro cavalheiro na maior parte do tempo, até desaparecer por dez minutos debaixo da água e voltar como se nada tivesse acontecido.

Foto por Estante Diagonal


Uma noite, quando Katy vai até a biblioteca procurar livros para resenhar em seu blog, começa a chover e ela é atacada por um homem misterioso, que deseja saber onde "eles" estão. Katy está certa de que vai morrer, quando é salva por Daemon, que a leva para o hospital e cuida dela de uma forma que ela nunca pensou que ele fosse capaz.

Na manhã seguinte, quando acorda, Katy percebe que seus machucados estão ótimos, como se tivessem acontecido semanas antes e não na noite anterior. Ela sabe que existe algo acontecendo ali e precisará descobrir ao mesmo tempo em que tenta lutar contra seus sentimentos por Daemon...

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler.

Há muito tempo ouço falar da série Lux, mas nenhuma editora brasileira havia comprado os direitos de tradução, até que a Valentina atendeu os apelos dos fãs e no mês passado lançou Obsidiana, primeiro volume da série. Assim que ficou disponível, tratei de pedir meu exemplar de parceria e me joguei na leitura.

A escrita de Jennifer L. Armentrout é simplesmente maravilhosa. Logo nas primeiras páginas eu me vi preso em sua narrativa e desfrutei de cada página, não querendo que o livro acabasse nunca. 

A narrativa é feita em primeira pessoa sob o ponto de vista de Katy. Ela é uma protagonista ótima e o fato de ser blogueira facilitou com que me identificasse com ela logo de cara. Vê-la feliz com a chegada do correio ou com comentários em suas resenhas era muito divertido, por que quem não passa por isso hoje em dia?

Os personagens foram muito bem construídos. Todos eles são importantes para a trama e tem uma personalidade única. Daemon Black é sensacional. Ele é aquele tipo de cara que sabe que é bonito e faz de tudo para provocar Katy quanto a isso. Dee é um amor de pessoa. Ela é meiga, gentil e uma amiga leal. Foi impossível não gostar dela.

Foto por Estante Diagonal


Um ponto extremamente positivo do livro é o romance. Ou a falta dele. Existe uma atração incontestável entre Daemon e Katy, mas não é aquele romance meloso à primeira vista que acontece em todos os YA atuais. Katy faz de tudo para negar seu interesse em Daemon e na maior parte do tempo o detesta.

A proposta do livro tem aquela pegada bem Crepúsculo (a garota nova na cidade que conhece o cara misterioso e descobre seu segredo mais escondido), mas consegue ser atraente e inovador ao mesmo tempo. O final me deixou ansiando pelo próximo volume, que deve ser lançado ano que vem pela Valentina.

A edição física do livro está maravilhosa, como todos os livros da editora Valentina. A capa é uma adaptação da original e tem tudo a ver com a trama. A diagramação está ótima, a revisão está impecável, as folhas são amareladas e a fonte é grande.

Obsidiana é um começo maravilhoso para uma série que promete muito e eu estou empolgado pelo que está por vir. Com certeza recomendo o livro a todos!

*Resenha postada originalmente por mim no blog Prazer, Me Chamo Livro.

Beijos e até a próxima!

1 comentários:

  1. Leo!
    Como boa fissurada em ficção, principalmente as que falam de seres extraterrestres, sou louca para ler esse livro desde o lançamento, ainda mais com um protagonista tão charmoso e com uma protagonista hiléria, maravilha!
    Desejo um ótimo final de semana!
    “A poesia contém quase tudo que você precisa saber da vida.” (Josephine Hart)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir