24 de janeiro de 2018

Tá Na Estante :: 'Dear Heart, Eu Odeio Você!' #753

POSTADO POR EM 24 de janeiro de 2018

Oi, gente. Tudo bem?


Recentemente concluí a leitura de um romance bem gostosinho e hoje vim contar pra vocês o que achei da obra em questão, publicada no fim do ano passado pela Faro Editorial. Vamos conferir?!
Livro: Dear Heart, Eu Odeio Você!
Autora: J. Sterling
Editora: Faro Editorial
Páginas: 288
Sinopse: Você não sente nada? Culpa, dor ou remorso em seu coração? Como você consegue se afastar tão facilmente? Jules era viciada em trabalho. Colocando sempre o amor em segundo plano, sua principal meta era construir uma carreira com sólida reputação. Cal Donovan era muito parecido. Ele havia traçado uma lista de objetivos para alcançar na vida, e nela só havia espaço para ascensão profissional. Mas um encontro ao acaso muda tudo. De repente, o amor não parece uma distração para atrapalhar seus planos. Como fazer um relacionamento dar certo quando a sua cara-metade mora a milhares de quilômetros de você? Como viver esse amor sem abandonar tudo o que construiu? Algumas vezes as nossas mentes elaboram planos, estabelecem metas, perseguem sonhos. E algumas vezes os nossos corações ignoram as nossas mentes e decidem apostar no amor.
Clique aqui para comprar o livro.

Aos 27 anos, Jules tem a vida que deseja. Ela é corretora imobiliária de casas de luxo em Malibu, mora no apartamento dos seus sonhos e construiu sua carreira com o esforço de seu próprio trabalho - uma workaholic total. Porém, em sua vida não há espaço para o amor. Nenhum de seus namorados entende sua paixão pelo que faz e quando o último deles terminou com ela, Jules só sentiu alívio.



Agora ela está em Boston, participando de uma convenção e aprendendo macetes da profissão com outros corretores. A ideia seria apenas incrementar ainda mais seu currículo, mas Cal Donovan apareceu em sua vida. Eles se conhecem por acaso no bar do hotel e a química que rola entre eles é instantânea. Contudo, Jules não tem espaço na sua vida para homens. Certo?

Cal Donovan é completamente igual a Jules quando o assunto é trabalho. Ele é consultor financeiro de uma empresa em Boston e almeja uma sociedade com seus chefes. Para tal, ele trabalha o tempo todo e também não tem espaço para um relacionamento, já que no seu tempo livre ele ainda faz serviços voluntários. Como lidar com alguém dependendo emocionalmente dele se ele quase nunca está presente?

Jules e Cal são perfeitos um para o outro, mas há um grande porém: a distância. Eles moram em lados completamente opostos do país e não há uma possibilidade de algo acontecer. Assim, os dois decidem que vão aproveitar a estadia de Jules na cidade enquanto podem. Só que o destino é um cara que gosta de complicar as coisas e quando eles se separam, não conseguem parar de pensar um no outro.



Agora, será que Jules e Cal estão preparados para os sentimentos que estão surgindo dentro de si? E o mais importante: eles estão preparados para abrir mão de todos os seus planos de vida em prol de uma paixão ardente e irresistível?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Eu conheci  J. Sterling na Bienal de São Paulo em 2016 e me apaixonei pela sua graça e simpatia. Depois daquele encontro, eu decidi que precisava ler alguma obra dela. No fim do ano passado, a Faro lançou Dear Heart e eu resolvi aproveitar a chance de solicitá-lo, após ouvir maravilhas sobre a obra na tour Mulheres Poderosas. E não é que eu adorei?!

A escrita de J. Sterling é leve, fluida e envolvente. Após fazer algumas leituras mais densas, eu sentia que minha mente precisava relaxar e apostei que esse livro seria a escolha perfeita. E não podia estar mais certo. Com palavras doces, diálogos bem aproveitados e uma boa dose de sensualidade e paixão, Sterling construiu uma trama bem agradável e que me cativou muito.

A narrativa é feita em primeira pessoa, alternando as perspectivas dos protagonistas a cada capítulo. E devo afirmar que gostei muito da construção de ambos os personagens. Jules é uma mulher forte e independente, que não se deixa abater diante do machismo - ou de qualquer outra situação adversa. E Cal é um verdadeiro príncipe, mesmo que tente parecer um cara normal. Eu me apaixonei pelos dois e super shippei esse casal.



O romance entre os protagonistas surgiu de forma rápida, foi aquela paixão à primeira vista que eu tanto critico. Contudo, a autora soube desenvolver isso muito bem e fugir um pouquinho do clichê ao desenvolver essa relação de Jules e Cal. Ver os dois, tão decididos em suas carreiras, quase se tornarem adolescentes descobrindo o primeiro amor foi muito fofo. Palmas para Sterling.

E falar sobre um livro da Faro Editorial sem elogiar a edição é uma heresia. Dear Heart, Eu Odeio Você é um dos melhores trabalhos gráficos que já vi e acho o cuidado que a editora tem com suas publicações admirável e passível de inspiração. Porém, a revisão deixou um pouquinho a desejar. Algumas letras e pontuações ficaram sobrando no texto. Nada que prejudique a leitura, mas espero que possam ser corrigidos nas próximas edições.



Em suma, Dear Heart, Eu Odeio Você é um livro leve, divertido, inspirador e apaixonante. J. Sterling tornou-se uma queridinha e já quero mais livros dela lançados aqui no Brasil. Sem sombra de dúvidas recomendo essa história pra vocês, porque vale muito a pena!

Beijos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Oi! Que tal?,
    Gostei dá entrada, foi ótimo.
    Acabei para seguir seu blog, você me seguiria de volta?...

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha!
    Já está na lista de desejados 😍❤️

    ResponderExcluir