18 de janeiro de 2018

Tá Na Estante :: 'Hudson' #750

POSTADO POR EM 18 de janeiro de 2018

Heeey, gente. Tudo bem??


Hoje eu trago a resenha de um livro que estava aguçando a minha curiosidade. Adoro conhecer outros pontos de vista de uma mesma história e é sobre isso o livro de hoje.
Livro: Hudson
Série: Fixed (#04)
Autor: Laurelin Paige
Editora: Fábrica 231
Páginas: 568
Sinopse: Publicada pela coleção Violeta, do selo Fábrica231, a trilogia Fixed – Por você, Com você e Sempre você – conquistou as leitoras com a relação explosiva de Hudson Pierce e Alayna Whiters. Agora, a autora Laurelin Paige mostra fatos e passagens da série sob a ótica de Hudson: o que mudou na vida dele depois que o destino dos dois se cruzou? Numa espécie de diário, o milionário frio, dono de um passado destrutivo e traumático, relembra acontecimentos marcantes de sua vida antes e depois de conhecer Alayna, tão diferente dele e, ao mesmo tempo, tão parecida em suas inseguranças. Muitas vezes o relacionamento é posto à prova, e ambos precisam abrir mão de muitas coisas em nome da conexão e do desejo que mantêm suas vidas entrelaçadas. Neste volume extra, as fãs da série Fixed descobrirão que para Hudson Pierce só existe o depois de Alayna Whiters.
Clique aqui para comprar o livro.
Resenha do primeiro e segundo livros aqui, resenha do terceiro livro aqui.

Hudson Pierce gostava de brincar com as mulheres. O prazer do jovem garoto era descobrir até onde seus encantos funcionavam e então jogar as mulheres na lama. Foi isso o que ele fez com Celia e era esse o plano com a Alayna, no entanto seu jogo cai por terra quando ele se apaixonou pela garota e a partir de então passou a se arrepender de tudo o que já fez.



Diferente do esperado, o livro não é uma completa versão da série Fixed, mas sim as cenas mais importantes narradas pelo ponto de vista de Hudson, de forma que a gente não se sinta relendo a série, apenas conhecendo um pouco mais sobre a personalidade do protagonista. A história é narrada em capítulos alternados de um Hudson jovem, e é quando mais conhecemos do personagem, e do presente a partir do momento em que ele conhece Alayna na apresentação do mestrado.

O Hudson de antes é um digno vilão. Um riquinho mimado que sabe o quão encantador é e que usa esse charme para seduzir as mulheres e então largá-las à sua mercê. No livro, em especial, estamos o vendo brincar com Celia, como uma forma de testar seus poderes. A partir e então começamos a entender os motivos que levaram Celia a fazer tudo o que fez no relacionamento de Hudson e Alayna. Pura vingança!




Laurelin Paige arrasou ao trazer as cenas mais importantes pelo ponto de vista do protagonista. O epílogo, em especial, foi o mais impactante ao meu ver. Ler esse livro é como se aprofundar na personalidade do ser humano, descobrir medos, anseios e arrependimentos. As cenas da terapia, onde ele expõe tudo o que sente ao terapeuta, quando ele busca por isso, mostra ao leitor a necessidade de se abrir sobre seus sentimentos. Então a gente vai vendo um Hudson que amadurece e passa a compreender o poder que tinha na vida de outras pessoas.



Eu achei que pudesse ser um livro desnecessário, mas não foi. Acho interesse observar outros lados de histórias, acabamos até conhecendo melhor o primeiro narrador. Hudson é uma pessoa incrível de observar e vislumbrar o relacionamento dele com a Alayna, como isso o transformou. Foi uma leitura muito envolvente e empolgante, maior livro da série e com leitura mais rápida. Indico muito a leitura!

Beijocas e até a próxima!!!

0 comentários:

Postar um comentário