12 de janeiro de 2018

Tá Na Estante :: 'Não Pare!' #747

POSTADO POR EM 12 de janeiro de 2018

Oi, gente. Tudo bem?


Hoje trago pra vocês a resenha de um nacional lançado há algum tempo, que causou um grande burburinho quando saiu de forma independente na Amazon, até ser publicado pela Editora Valentina. Vamos conferir?!
Livro: Não Pare!
Série: Não Pare! (#01)
Autora: FML Pepper
Editora: Valentina
Páginas: 280
Sinopse: Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas exigia respostas. E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho! Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a adolescência. Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina! Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?
Nina Scott nasceu com uma característica peculiar: suas pupilas são verticais, como as de uma cobra. Para esconder isso, sua mãe, Stela, fez um grande avanço na indústria das lentes de contato e ganhou muito dinheiro com isso. Por esse motivo, as duas estão sempre viajando pelo mundo como nômades, mas essa não é questão principal.

Aos dezesseis anos, Nina já passou por mais experiências de quase morte que qualquer pessoa no mundo. Os acidentes parecem persegui-la por onde quer que passe, e, ao menor indício de um deles, Stela arruma as malas e as duas partem para um novo país ou continente.

Tudo que Nina deseja é ter uma vida normal. Criar laços, completar um ano inteiro sem trocar de escola, mas essa vida não lhe proporciona tal intento. Só que agora, quando estão partindo da Holanda para Nova Iorque, Stela anuncia que permanecerão ali, sem mais mudanças, e Nina finalmente poderá ter a vida que deseja.

É claro que os acidentes estranhos a encontram em Nova Iorque também, mas Nina faz de tudo para mantê-los longe do conhecimento de Stela, para que a mãe não surte outra vez. Nina consegue um emprego em uma livraria e pela primeira vez em sua vida faz amigos de verdade. Porém, quando dois jovens entram em sua vida, as coisas começam a seguir rumo à catástrofe.

De um lado temos Kevin. Lindo, loiro, angelical e tratando Nina como uma princesa, o típico mocinho para a garota se apaixonar. Do outro lado está Richard. Sombrio e assustador, mas ao mesmo tempo sexy e envolvente. Richard trata Nina como um lixo e não mede esforços para demonstrar isso a todos. O curioso é que os dois sempre parecem estar no lugar quando os tão comuns acidentes de quase morte de Nina acontecem.

Numa fatídica tarde, Nina e a mãe estão em um teatro, assistindo a uma peça em comemoração ao aniversário de Nina que se aproxima, mas algo terrível acontece e Stela morre. Nina se vê sozinha em meio a uma confusão e depois acorda em um avião rumo ao desconhecido, tendo apenas Richard como companhia.

Nina acredita estar sendo sequestrada por um maníaco, mas a história que Richard lhe conta a desarma. O misterioso garoto afirma ser de outra dimensão e ser a Morte de Nina e sua missão é impedir que ela morra antes do dia certo, seu aniversário de dezessete anos, quando ele mesmo tirará sua vida. Muitas pessoas desejam a morte de Nina, e protegê-la pode ser mais complicado do que parece.

Certa de que Richard é membro de uma gangue e de que essa história é uma fantasia da mente doentia do garoto, Nina arma vários planos de fuga. Só que conforme o tempo vai passando a menina vai descobrindo coisas sobre si mesma e seu passado que podem provar que nem tudo é uma grande mentira. Agora, Nina precisará de todas a sua intuição para definir em que acreditar se quiser escapar viva de toda essa confusão que a cerca.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Sempre tive vontade de ler Não Pare!, desde o lançamento virtual na Amazon. Quando a editora Valentina anunciou que lançaria a edição física, resolvi esperar e, assim que pude, solicitei o livro. Minhas expectativas estavam bem altas e confesso que me decepcionei um pouco com o que encontrei.

A escrita de FML Pepper é sensacional. Logo nas primeiras páginas eu me vi fisgado pela narrativa e não consegui largar até concluir. A mitologia que a autora inseriu na trama é inédita, ao menos para mim, e foi muito interessante ver o modo como ela desenvolveu cada detalhe para deixar tudo atado e com sentido.

O que me deixou meio perdido foi a definição que Pepper deu das outras dimensões. Quando eu achava que estava entendendo, vinha um novo fato que me deixava ainda mais desnorteado. Talvez o problema seja comigo, mas, se eu tive, outras pessoas também poderão ter.

Os personagens foram muito bem desenvolvidos e criei aquela minha típica relação de amor e ódio com alguns deles. Nina começou a história sendo uma protagonista admirável, e gostei dela logo de cara. Só que, tendo ela como narradora, em primeira pessoa, complicou um pouco a situação. Em certo momento da narrativa, eu já estava com vontade de dar uns sopapos nela. Acho que foi a primeira vez que deixei de gostar de uma protagonista no decorrer da leitura, só tinha passado pela experiência contrária.

Richard chegou, e eu já o odiei. Mesmo conhecendo um outro lado do personagem no decorrer do enredo, não consegui gostar dele. Não sei se foi a intenção de Pepper ou se ela queria que nos apaixonássemos por Richard, mas isso foi um pouco frustrante. Não dava vontade nenhuma de torcer por ele.

O romance também não me convenceu. Pepper começou o livro inclinada para um triângulo amoroso, depois parece ter mudado de ideia até no final dar indícios de outro triângulo. A paixão de Nina por Richard foi tão repentina que eu considerei voltar alguns capítulos pra ver se tinha perdido algo. É claro que houve uma atração inicial, por ele ser um bad boy sexy e sombrio, mas não foi algo digno de virar romance. Fora que a ingenuidade de Nina deixa tudo um tanto mais inverossímil pro meu gosto.

O livro é repleto de cenas de ação que são muito bem desenvolvidas. Além disso, temos um tour por diversos lugares, e as descrições da autora foram tão bem detalhadas que eu me sentia no local de verdade, junto com Nina. Pra completar, o final foi de tirar o fôlego e me deixou extremamente ansioso pela continuação, que será lançada no próximo mês, na Bienal do Livro do Rio.

Sobre a edição física, a Valentina mais uma vez arrasou. A capa é uma adaptação da do e-book e está linda, com um efeito holográfico no título. A revisão está impecável, não lembro de ter encontrado nenhum erro durante a leitura. A diagramação é linda. Todo começo de capítulo há uma sombra do mesmo rosto da capa. No rodapé das páginas ímpares temos o nome da autora dentro de um punhal e no canto superior direito das páginas pares há o desenho de uma rosa.

Não Pare! pode não ter sido minha melhor leitura até então, mas foi muito prazerosa e bem aproveitada. A espera valeu a pena e estou ansioso pelo desfecho da trilogia. Com certeza recomendo a leitura e já quero meu autógrafo da autora.

Beijos e até a próxima!

1 comentários:

  1. Leo!
    Comprei o livro na promoção da Valentina e estou com ele aqui para leitura e bem ansiosa, embora tenha outros livros na frente.
    Gosto muito do estilo YA e esse livro anda bem cotado. Li várias resenhas e todas boas.
    Em breve constatarei.
    Desejo uma semana mais que abençoada e Novo Ano repleto de realizações!!
    “Que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste novo ano que se inicia. Feliz Ano Novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir