E aí, pessoal! Tudo bem?

Na semana passada eu tive a oportunidade de participar de mais uma cabine de imprensa em parceria com a Espaço/Z aqui em Brasília. Vamos conferir o que eu achei?!

FILME: A Forma da Água
TÍTULO ORIGINAL: The Shape Of Water
DIRETOR: Guillermo del Toro
DISTRIBUIDORA:  Fox Film
DURAÇÃO: 2h03min
LANÇAMENTO: 01 de fevereiro de 2018
CLASSIFICAÇÃO: 16 anos
GÊNERO: Fantasia
SINOPSE: Década de 60. Em meio aos grandes conflitos políticos e transformações sociais dos Estados Unidos da Guerra Fria, a muda Elisa (Sally Hawkins), zeladora em um laboratório experimental secreto do governo, se afeiçoa a uma criatura fantástica mantida presa e maltratada no local. Para executar um arriscado e apaixonado resgate ela recorre ao melhor amigo Giles (Richard Jenkins) e à colega de turno Zelda (Octavia Spencer).

A temporada de premiações está a todo vapor, a lista de indicados ao Oscar já foi divulgada e agora é o momento em que muitos começam a imensa maratona para assistir a maior quantidade de filmes indicados até o dia da grande premiação cinematográfica. Para aqueles que, assim como eu, não perdem uma oportunidade assistir a essas grandes obras na telona, alguns dos títulos indicados nas principais categorias começam a chegar agora em fevereiro aos cinemas brasileiros. O primeiro deles é A Forma da Água, filme que é o grande indicado do Oscar de 2018 com 13 indicações.

O filme se passa no início dos anos 60, durante a Guerra Fria, e conta a história de Elisa (Sally Hawkins), uma mulher muda que trabalha na limpeza de uma base militar secreta e está sempre acompanhada de Zelda (Octavia Spencer), sua colega de trabalho e também sua voz durante boa parte do filme.

Durante uma das noites de limpeza no laboratório, Elisa descobre que uma estranha criatura está sendo mantida em um tanque no laboratório e imediatamente se sente atraída por essa criatura. Com o passar dos dias, Elisa percebe que a criatura é capaz de muito mais do que todos imaginam e decide fazer de tudo para ganhar sua confianca.

A criatura em questão é um Homem-Anfíbio que foi encontrado pelo cientista Robert Hoffstetler (Michael Stuhlbarg) na Floresta Amazônica e era adorado como um deus e agora está preso nessa base militar para ser utilizado como objeto de estudo.

Porém nem todos os envolvidos nesse projeto compartilham da mesma admiração que Elisa possui pela ‘forma’ (termo utilizado pelos cientistas para se referirem a criatura). Com medo dos russos conseguirem colocar as mãos na ‘forma’, Richard Strickland (Michael Shannon), o sádico e responsável pelo comando do laboratório, ordena que a criatura seja exterminada.

Elisa precisa então juntar forças com Hoffstetler para conseguir retirar a criatura do laboratório antes que seja tarde demais.

Entre todos os filmes que estão dominando a temporada de premiações, A Forma da Água é com certeza o que eu mais queria assistir. O longa é o único filme de fantasia que está concorrendo nas categorias princiapais do Oscar e é dirigido pelo incrível Guillermo del Toro, reponsável pela direção de filmes como O Labirinto do FaunoCírculo de Fogo, HellboyA Colina Escarlate.

Além da direção sensacional, o elenco também é composto por um time incrível. Sally Hawkins, que dá vida a personagem principal, nos presenteou com uma atuação sublime sem precisar falar uma palavra durante todo o filme. Michael Shannon encarnou tão bem o papel de antagonista que é impossível você sair do cinema sem odiar o seu personagem.

Octavia Spencer também merece ser citada. A atriz dá vida a uma personagem que mesmo durante um filme com momentos muito densos consegue nos fazer rir com seus comentários.

Nas partes técnicas o filme também está de parabéns. A Direção de Arte de Paul D. Austerberry está sensacional. Toda a atmosfera do laboratório, o apartamento de Elisa sobre o cinema, o universo submerso. Tudo isso misturado com a Fotografia de Dan Laustsen dá ao filme uma pegada mágica que fará qualquer um se apaixonar.

Roteiro, edição, figrino, trilha sonora, edição e mixagem de som e tudo o que você puder imaginar foi executado com uma qualidade incontestável.

A Forma Da Água, que chega hoje aos cinemas de todo o país, é um conto de fadas moderno que merece ser assistido por todos os amantes da sétima arte.

Beijos e até a próxima!

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário