12 de fevereiro de 2018

Na Telona :: 'Três Anúncios Para Um Crime' #66

POSTADO POR EM 12 de fevereiro de 2018

E aí, pessoal! Tudo bem?

Na semana passada eu tive a oportunidade de participar de mais uma cabine de imprensa em parceria com a Espaço/Z aqui em Brasília. Vamos conferir o que eu achei?!
FILME: Três Anúncios Para Um Crime
TÍTULO ORIGINAL: Three Billboards Outside Ebbing, Missouri
DIRETOR: Martin McDonagh
DISTRIBUIDORA:  Fox Film
DURAÇÃO: 1h55min
LANÇAMENTO: 15 de fevereiro de 2018
CLASSIFICAÇÃO: 16 anos
GÊNERO: Drama
SINOPSE: Inconformada com a ineficácia da polícia em encontrar o culpado pelo brutal assassinato de sua filha, Mildred Hayes decide chamar atenção para o caso não solucionado alugando três outdoors em uma estrada raramente usada. A inesperada atitude repercute em toda a cidade e suas consequências afetam várias pessoas, especialmente a própria Mildred e o Delegado Willoughby, responsável pela investigação.
Mildred Hayes (Frances McDormand) é uma mulher de meia-idade, recém separada e que trabalha em uma loja de presentes para manter sua casa e seu filho Robbie (Lucas Hedges). Há cerca de sete meses sua filha, Angela (Kathryn Newton), foi estuprada e morta e até o momento ninguém foi condenado pelo crime. Percebendo que deixar a polícia resolver o caso sozinha não é mais uma opção, Mildred decide alugar por um ano três outdoors na beira de uma estrada praticamente abandonada.

Nesses três outdoors, letras pretas saltam de um fundo vermelho carregando a mensagem “Estuprada enquanto morria e ainda nenhuma prisão? Como pode, chefe Willoughby?”. Os outdoors imediatamente chamam a atenção de Jason Dixon (Sam Rockwell), um policial racista que passava pela estrada no momento em que os outdoors estavam sendo colocados.


Ao contrário do que o departamento de polícia imaginava, o feito de Mildred atrai a atenção de um jornal de TV local e instantaneamente toda a cidade fica ciente dos outdoors e da mensagem. Porém mesmo com toda a comoção, grande parte da população de Ebbing decide ficar do lado do chefe Willoughby (Woody Harrelson) pois é um grande amigo de todos e está nos seus últimos meses de vida devido a um câncer.

Agora Mildred precisará lidar com toda a repercursão que seus outdoors causaram.


Eu preciso começar falando que não há palavras que expressem o quanto esse filme é maravilhoso. Não importa o quanto eu o elogie, nada vai fazer jus ao que eu estava sentindo quando as luzes do cinema acendeream.

Eu já havia lido algumas críticas do filme antes de ir assisti-lo então entrei no cinema achando que já tinha entendido o rumo da história, que estava preparado e poderia antecipar para tudo o que fosse acontecer nos próximos 115 minutos. Eu estava muito enganado. O roteiro escrito por Martin McDonagh (e indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Original) consegue te surpreender e te deixar na beira do seu assento durante todo o filme.


O filme é recheado de personagens com diversas camadas que foram trazidos à vida por atores que deram um show de performance. Primeiro nós temos a personagem pricipal da história interpretada por Mildred Hayes (indicada ao Oscar de Melhor Atriz) que é uma mulher motivada pelo seu desejo de justiça mas mesmo assim isso não a deixa cega a ponto de não enxergar a verdadeira natureza das pessoas. O chefe Willoughby interpretado por Woody Harrelson (indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante) é um outro ótimo exemplo de personagem que nos passa de cara uma impressão mas ao decorrer do longa nos mostra ser muito mais do que imaginamos.

Nas partes mais técnicas do filme também não tenho do que reclamar. A direção, que também é assinada por Martin McDonagh, oficializa o casamento ente a trilha sonora composta por Carter Burwell (indicado ao Oscar de Melhor Trilha Sonora) e a fotografia de Ben Davis para alcançar uma forma de contar a história que vai deixar todos na sala de cinema completamente concentrados em cada segundo do filme.


Três Anúncios Para Um Crime, que chega oficialmente aos cinemas nacionais no dia 15 de fevereiro, é uma história que deve ser assistida por todos os amantes de cinema e é a minha aposta para o Oscar de Melhor Filme.

Beijos e até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário