5 de fevereiro de 2018

Tá Na Estante :: 'Não Olhe!' #757

POSTADO POR EM 5 de fevereiro de 2018

Oi, gente. Tudo bem?


Estou de volta hoje com mais uma resenha pra vocês. Dessa vez vim contar o que achei de Não Olhe!, segundo volume da trilogia Não Pare!, da autora queridinha FML Pepper. Vamos conferir?!
Livro: Não Olhe!
Série: Não Pare! (#02)
Autora: FML Pepper
Editora: Valentina
Páginas: 352
Sinopse: Zyrk pode estar com as horas contadas: a híbrida acabou de cruzar o portal e o frágil equilíbrio entre os quatro clãs encontra-se definitivamente ameaçado. Há milênios forças ocultas espreitam, aguardando apenas o momento de emergir das sombras e mostrar seu poder. Fugir e sobreviver. Aceitar e lutar. Há muitos caminhos, mas qual deles seguir se a Morte possui várias faces? Nina acorda entre a vida e a morte na terceira dimensão. Levada por Richard para a sombria Thron, o nada confiável resgatador de apaixonantes olhos azul-turquesa luta contra sua própria natureza. Cruel e sanguinário, Rick está confuso e cada vez mais cercado por seus inimigos. Mesmo o melhor dos guerreiros, o mais temido e destemido, está protegido da força de um grande amor? Ele e a híbrida viajarão por toda Zyrk, e ela irá se deparar com um universo fantástico, um mundo violento, o plano da Morte. Lutando para se libertar de seus medos e determinada a encontrar seu caminho e sua identidade, Nina embarcará em uma jornada de descobertas arrasadoras, um percurso sem volta. Mas a garota das pupilas verticais descobrirá que as vontades do coração podem ser mais traiçoeiras que lendas ou maldições.
A vida de Nina Scott virou de cabeça para baixo depois que o misterioso Richard entrou em seu caminho. A garota descobriu que existem outras dimensões além da sua e a maioria dos habitantes da sombria Zyrk, personificações da própria morte, querem vê-la morta. E o garoto, que é sua morte, ainda desperta sentimentos conflitantes no coração dela.

Acontece que Nina é uma híbrida, filha de uma humana com um zirquiniano, algo impossível de acontecer, tendo em vista que os zirquinianos não possuem sentimentos bons. O destino das dimensões está nas mãos de Nina de acordo com uma antiga profecia, e suas escolhas podem salvá-las ou destruí-las.

Na noite do seu aniversário de dezessete anos, Nina atravessou o portal entre os mundos e chegou a Zyrk. Os quatro clãs da dimensão estão a todo custo tentando colocar suas mãos na tão temida híbrida, mas Richard a leva diretamente para Thron, onde pode ficar perto dela e protegê-la. O problema é que Rick está trocando Nina pelo trono de Thron e pela glória por tê-la capturado, mais uma vez partindo o coração da garota.

Quando Collin, filho do líder de Thron, Shakur, retorna ao seu clã, descobre que perdeu o trono e abdica Nina para si, alegando ter se apaixonado pela híbrida e que os sentimentos eram recíprocos. Collin bem que tenta trocar Nina por Thron com Richard, mas o zirquiniano nem pestaneja ao escolher o trono.

Ao tentar abusar da híbrida, Collin tem uma grande surpresa. Nina reage com todas as suas forças, mas algo misterioso acontece e a garota desmaia. Quando acorda, ela está em uma carroça, sendo levada para o clã Storm, sem se recordar de como foi parar ali. Além disso, os homens que a estão escoltando parecem acreditar que estão levando-a desde que chegou em Zyrk, como se o tempo passado em Thron nunca tivesse acontecido.

Ao chegar em Storm, Nina conhece o seu líder, Kaller. Ao contrário de Shakur, Kaller é extremamente bondoso e receptivo. Seu filho, John, é um resgatador que conquistou a confiança de Nina quando tentou protegê-la no deserto do Saara dias antes, quando tentaram matá-la.

Quando Nina descobre que sua estadia em Storm está com os dias contados, já que Kaller deseja fazer "experiências" com ela, percebe que terá que encontrar sozinha uma maneira de escapar. Sua melhor chance encontra-se no clã Windston, reinado por seu avô, Wangor, o único que pode oferecer-lhe a proteção necessária para sobreviver.

Assim, Nina armará uma fuga e ao lado de improváveis aliados tentará escapar das garras de Kaller e Shakur, que desejam tê-la a todo custo, sem se importar com os meios. Só que sua jornada não será nada fácil e quando Richard entrar em seu caminho mais uma vez, a hibrída precisará lutar contra seus sentimentos se quiser seguir lutando. Mas resistir a essa paixão pode não ser tão fácil assim...

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Quando eu li Não Pare!, me apaixonei pelo universo criado por FML Pepper e terminei o livro extremamente ansioso para saber o que aconteceria nessa continuação. Quando Não Olhe! chegou aqui em casa, passei na frente da minha imensa pilha de leitura e não me arrependi.

A escrita de FML Pepper é fantástica, e já pude notar um amadurecimento nesse segundo livro. A autora conseguiu me prender logo nas primeiras páginas e me fazer lembrar de muitos detalhes esquecidos do primeiro livro, tornando a leitura desse segundo volume bem tranquila.

O livro segue sendo narrado em primeira pessoa sob a perspectiva de Nina. Preciso confessar que a cada dia desgosto mais da personagem. Nina começou a série super bem, me cativando logo de cara, mas em algum momento ela tornou-se chata e irritante. Nesse segundo livro ela conseguiu se superar. Cada virar de página era uma burrada feita e senti vontade de lhe dar uns bons tapas.

Richard é um personagem extremamente inconstante (Pepper, ele é geminiano, né? Só pode) e temos uma relação de amor e ódio. Em alguns momentos o zirquiniano é doce e mostra uma face que me faz gostar dele, mas em outros é tão arrogante e cretino que tenho vontade de matá-lo.

"Quem era Richard afinal? O vilão com doses de bondade ou o mocinho com nuanças de crueldade? O que havia por trás de sua fisionomia atormentada, suas ações desencontradas e seus sentimentos dúbios? Por mais que tentasse decifrá-lo, cada vez me sentia mais perdida e presa aos seus encantos. E era só o começo."

E aí entra o John, uma possível ponta de um possível triângulo amoroso. Não sei se é spoiler falar isso, mas deu pra perceber que John terá grande importância no último livro da trilogia e que ele está na luta pelo coração de Nina. Ao contrário de Rick, John tem minha torcida. Ele é atencioso e gentil a todo momento, sendo leal a Nina nos momentos mais difíceis.

Já que estamos falando de romance, o que posso dizer sobre Rick e Nina juntos? Como disse na resenha do primeiro livro, achei que essa paixão arrebatadora dos dois foi repentina demais. Pepper bem que tentou explicar, mas não consigo me convencer. Peguei implicância. Esse tipo de amor não surge assim.

O final do livro foi de tirar o fôlego, e não vejo a hora de ter meu Não Fuja! em mãos. A autora deixou uma enorme ponta em aberto e finalizou o livro com um cliffhanger daqueles. Não só derrubou meu forninho, como deixou a promessa que a conclusão da trilogia será destruidora.

A edição física segue o mesmo padrão do primeiro livro, mais um show de design da editora Valentina. A capa é linda, a diagramação é muito bem trabalhada e a revisão está impecável. As folhas são amareladas e a fonte é grande.

Não Olhe! conquistou meu coração e leva quatro estrelas e o título de favorito pra casa. Esperar por Não Fuja! vai ser um tormento, mas tenho certeza de que a espera vai valer a pena. Super recomendo essa trilogia pra vocês. Leiam, não vão se arrepender!

Beijos e até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário