Oi, gente. Tudo bem?

Estou de volta com mais uma resenha para vocês. Dessa vez vim contar minha opinião sobre Originais, lançamento mais recente da Saga Lux, publicado no fim do ano passado pela Editora Valentina. Vamos conferir?!

Livro: Originais
Série: Lux (#04)
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Valentina
Páginas: 384
Sinopse: Daemon fará o que for preciso para ter a Katy de volta. Após a bem-sucedida, porém desastrosa, incursão a Mount Weather, ele está tendo que encarar o impensável. Katy foi capturada. Sua única meta agora é encontrá-la. Destruir qualquer um que se ponha em seu caminho? Com todo prazer. Incendiar o planeta inteiro para salvá-la? Moleza. Expor sua própria raça ao mundo? Sem problema. Tudo o que a Katy pode fazer é sobreviver. Cercada por inimigos, a única maneira que ela tem de sair dessa é se adaptando. Afinal, nem todas as facetas do Daedalus são totalmente malucas, embora os objetivos do grupo sejam assustadores e as verdades propagadas ainda mais perturbadoras. Quem é de fato o inimigo? O Daedalus? A humanidade? Ou os Luxen? Juntos, eles podem encarar o que vem pela frente. No entanto, a pior de todas as ameaças esteve escondida o tempo inteiro. Quando as verdades vierem à tona e as mentiras forem enfim desmascaradas, de que lado o Daemon e a Katy decidirão ficar? E será que eles conseguirão, pelo menos, continuar juntos?

Após os acontecimentos de Opala, Daemon e Katy resolvem as suas diferenças com Black e unem-se ao híbrido para salvar Chris e Beth do DOD. Só que o plano não sai como planejado e após uma armadilha planejada por alguém que devia ser um aliado, Katy é capturada.

Agora ela se encontra na base de operações do Daedalus e é testada na organização. Eles buscam descobrir o nível dos poderes de Katy e mesmo sob constante teste, a Daedalus busca convencê-la que eles são os mocinhos da história.

Para eles, os Luxen estão na Terra para dominá-la. Por isso, o departamento quer manter os híbridos do seu lado, por prevenção. Além disso, com o seu dom de cura, eles podem dizimar todas as doenças que atingem os seres humanos. Cabe a Katy decidir qual lado dessa luta ela estará: cooperando ou contra a sua própria espécie?

No outro lado da história, Daemon monta um plano de resgate e não medirá esforços para conseguir salvar Katy. Com isso, ele toma uma decisão arriscada, com ajuda de Luc. O que ele não esperava era que a situação na base estava pior do que ele e Katy poderiam imaginar. O Daedalus tem um plano em segredo, Originais, que é até então o seu plano mais arriscado. Assim, Katy precisará de toda ajuda para escapar com vida e impedir uma guerra.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

O final de Opala nós deixa instigado para saber o que viria a seguir e Originais não fica nada para atrás. A escrita da autora continua gostosa e envolvente. Diferente dos outros livros, nesse temos uma intercalação entre os pontos de vistas de Katy e Daemon em cada capítulo, em primeira pessoa.

Esse quarto volume tem muita ação e a autora soube como equilibrar os acontecimentos com o romance, também mais presente . Daemon está a cada volume mais irresistível e sabe bem como molhar calcinhas por aí. O instinto protetor que ele tem para com Katy é louvável e adoro ver como ele a coloca acima de qualquer prioridade.

Outra adição a esse livro foi respostas a perguntas antigas e ainda o surgimento de algumas dúvidas que devem ter suas respostas entregues ao público no último volume da série, Opposition. Não sei bem o que esperar desse desfecho, mas minha empolgação já está nas alturas! Essa série está no meu hall de favoritas e não quero me tornar órfão dela.

O final de Originais foi arrebatador. Terminei a leitura de queixo caído. Armentrout  me surpreendeu demais!É um livro que prende a sua atenção e sendo um fã da série, dificilmente você se sentirá decepcionado com o andamento da trama e digo mais, esse livro é um dos melhores da série.


Beijos e até a próxima!

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário