9 de março de 2018

5 autoras para conhecer no mês das mulheres

POSTADO POR EM 9 de março de 2018

Oi gente!


Março é conhecido como mês das mulheres, devido ao dia 08/03 - dia Internacional da Mulher (vulgo, dia do meu aniversário), e eu gostaria de trazer para vocês algumas autoras que eu amo e que acredito que valham à pena serem conhecidas.

01 -  Anne Rice
Também conhecida como autora que mais amo, Anne Rice é uma escritora norte-americana de terror e fantasia. Ela é conhecida pela série crônicas vampirescas, cujo o primeiro volume, Entrevista com o Vampiro, virou filme estrelado por Tom Cruise e Brad Pitt. Nos livros, os vampiros são seres com sentimentos, teorias, paixões, defeitos e qualidades, sempre são colocados em tramas misteriosas que nos prendem. Outra série maravilhosa dela (e minha preferida), é a Bruxas Mayfair, na qual ela nos apresenta mulheres fortes de uma família de origem celta que possuem poderes extraordinários e são acompanhadas desde sempre por uma entidade, que vai controlar muito das atitudes delas. De modo geral, seus personagens são sempre fortes e intrigantes, e as personagens femininas não são fragilizadas.
Indico a vocês, de início, o primeiro título das Bruxas Mayfair, Hora das Bruxas, que aqui no Brasil é publicado pela Rocco em dois volumes.


02 - Chimamanda Ngozi Adichie
A escritora que mais tem ganhado destaque nos últimos anos. Chimamanda é nigeriana e ficou muito mais conhecida por suas palestras na plataforma TED, abordando temas como a realidade africana e o feminismo. Seus livros sempre trazem personagens femininas que apresentam problemas e os enfrentam, e as narrativas são ambientadas na África ou na realidade de negros africanos em outros
países, como no caso de Americanah.
Eu poderia simplesmente indicar qualquer livro de ficcional dela para vocês, porque é sensacional, mas, acho que os dois que mais precisam ser lidos por todos, são Sejamos Todos Feministas e Para Educar Crianças Feministas - Um Manifesto. A autora é publicada no Brasil pela Companhia das Letras.

03 - Simone de Beauvoir
Falando em feminismo, vamos ao cerne desse movimento. Beauvoir foi uma escritora e filosofa do movimento existencialista, nascida na França. Seu primeiro livro publicado foi A convidada, um romance auto ficcional sobre sua vida amorosa e sexual com seu marido e seus amantes. Em todos os seus  romances, Simone traz personagens femininas avante de seu tempo, intrigantes e complexas, além de sempre trazer na narrativa o movimento existencialista, filosofia defendida por ela e por seu companheiro Sartre.
Minha indicação é uma leitura um pouco densa, mas que irá basear toda a luta das mulheres para ganhar seu espaço. Indico O segundo sexo, leitura não ficcional, de cunho histórico, filosófico e sociológico, que irá abordar a situação das mulheres ao longo da história e trazer bons motivos para lutarmos e sermos feministas. Aqui, o título é publicado pela editora Nova Fronteira.

04 - S. J. Parris
Este é o pseudônimo de Stephanie Merritt, escritora e crítica inglesa que produz obras baseadas em fatos históricos, sempre contendo um mistério por trás. Ela tem uma escrita detalhada, mas que, Heresia, que irá abordar o interesse de Bruno pela ciência hermética e conhecimentos proibidos pela Igreja Católica, que o fez ser excomungado e fugitivo da Igreja.
infelizmente, traz o começo dos livros de forma mais arrastada, pelo menos para mim, os quais eu fui engatar depois das 20 primeiras páginas. A série Giordano Bruno dela é minha favorita, sendo minha indicação para vocês o primeiro volume,

05 - Marina Carvalho
Marina é uma autora brasileira de romances ambientados principalmente no Brasil, com personagens divertidas e sonhadoras. Conheci Marina pela série Simplesmente Ana e adorei. A série conta a história de uma garota, nascida em Minas Gerais que descobre, de repente, que é filha de um monarca de um paí fictício. A partir disso, irá se desenrolar muitas aventuras, romances, paixões. A série é composta por 3 livros: Simplesmente Ana, De Repente Ana, e Elena, sendo que este último conta a história da filha de Ana e pode ser lido separadamente.
Minha dica de livro dessa escritora é O amor nos tempos do ouro, romance de época nacional que se passa no interior de Minas Gerais e que contém tudo que um bom romance de época tem: intrigas, paixões arrebatadoras, mocinhos lindos e mocinhas fortes.

Espero que tenham gostado das indicações e me digam se conhecem a obra de alguma das escritoras que falei aqui. Deixem mais autoras para conhecermos nos comentários.

Beijão e até mais!
***
Este post está concorrendo ao COMENTÁRIO PREMIADO.
CLIQUE AQUI e descubra como participar.

3 comentários:

  1. Oi
    adoro conhecer autoras mulheres. Já li um livro da Chimamanda e é maravilhoso. Ela é uma mulher incrível. Já ouvi falar sobre as outras autoras, mas ainda não tive chance de ler nada delas.

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. Marina!
    Colocou só escritoras tops.
    Acrescentaria Clarice Lispector a sua lista.
    “Os lírios não bastam. As leis não nascem das flores. Meu nome é luta, e escreve-se na história.” (Luciana Maria Tico-tico)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MARÇO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. eu ja conhecia vários trabalhos dessas autoras exceto a S. R. Parris. Adoro a Simone e tenho todos da Marina Carvalho. Ultimamente eu tenho visto muita repercussão a respeito dos livros da CHIMAMANDA NGOZI ADICHIE e estou muito interessada em conferir todos os livros dela

    ResponderExcluir