07 agosto, 2018

As duologias da Julia Quinn

Heeey, gente. Tudo bem??

Se você acompanha o mundo dos romances de época, então você muito provavelmente conhece a Julia Quinn, uma das autoras m ais cotadas do gênero na atualidade. E é sobre ela que eu vou falar no vídeo de hoje.

Julia Quinn estourou no Brasil há cerca de quatro anos quando a série dos Bridgertons começou a ser publicada. Uma série com nove livros que conta a história de oito irmãos e ainda traz um extra com um conto sobre cada um deles e que foi um tremendo sucesso. O fato é que ela adora escrever sobre famílias imensas – e a gente adora ler! Mas para agradar um público que não curte séries tão grandes, Julia apresenta também as duologias, que como o próprio nome já diz, são séries com dois livros.


A primeira lançada no Brasil foi a Agentes da Coroa; composta pelos livros Como agarrar uma herdeira e Como se casar com um marquês, onde conhecemos Blake e James, dois investigadores da Coroa Britânica que encontram os amores de sua vida em investigações completamente loucas.

Confiram as resenhas aqui e aqui.

Os livros se complementam já que os protagonistas são melhores amigos e um acaba entrando na trama do outro. O ponto alto e de concordância dos livros está na constante briga entre os casais protagonistas antes de se renderem e ficarem juntos. Além disso, a trama policial aparece nas duas histórias, mesmo que de forma superficial.

Irmãs Lyndon é a segunda duologia publicada por aqui e nesses livros vamos conhecer as histórias de Victoria e Ellie. Mais lindo que a lua e Mais forte que o sol traz histórias de amor quase que a primeira vista e aborda a convivência de um casal em uma forma mais crua.

Confira as resenhas aqui e aqui.

Os livros se encontram por trazerem protagonistas que são irmãs e também trazem protagonistas masculinos que são Condes. Além disso, apresentam a família como peça-chave da trama, mas também abordam o preconceito existentes dentro das casas britânicas.

Ambas as duologias são ótimas e eu adoro a forma como cada casal protagonista vive sua própria história. Indico muito a leituras de ambas para quem nunca leu nada do gênero, mas tem curiosidade em ler, só que não quer começar por uma série muito grande.

***

Se você já leu alguma dessas dulogias, me conta o que achou que eu vou adorar saber.

Beijocas da Barb 🖤

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!


Deixe seu comentário