Heeey, gente. Tudo bem??

Não disse que estava cheia de resenhas para compartilhar com vocês? Pois bem! Vamos para mais uma… Dessa vez vou comentar sobre um livro que eu confesso não estar com muitas expectativas, mas que no fim das contas gostei bastante. Bora lá?

Livro: Em pedaços
Série: Recomeços #01
Autora: Lauren Layne
Editora: Paralela
Páginas: 248

Sinopse: Uma garota com segredos corrosivos. Um ex-soldado com cicatrizes externas e internas. Um amor que pode salvar ambos… ou destrui-los de vez.Aos vinte e dois anos, Olivia Middleton tem Nova York aos seus pés. Por fora, ela é a garota perfeita — linda, inteligente e caridosa — mas, por dentro, guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recém-saído da guerra. O que ela não esperava era que seu paciente seria um jovem enigmático de vinte e quatro anos tão amargurado quanto atraente.Paul Langdon está furioso — com o mundo, com a vida, com o seu pai e, principalmente, consigo mesmo. Depois de sofrer na pele os horrores da Guerra do Afeganistão, a última coisa que ele quer é a companhia de uma princesinha nova-iorquina linda, mimada e irritante. A presença de Olivia parece tóxica para Paul: ela o incomoda, mas ele não consegue afastá-la, por mais que tente. Nessa recontagem moderna de A Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor.
Olivia Middleton é herdeira de uma das famílias mais tradicionais de Nova York e sempre teve tudo o que quis. Namorou o cara perfeito, foi para a melhor faculdade e vai gerenciar a empresa da família. Além disso, é dona de uma beleza avassaladora e de uma inteligência ímpar. Traduzindo: tem tudo para uma vida perfeita, porém não vive essa vida.
Um acontecimento marcou a vida de Olivia e fez com que ela desistisse da faculdade por um trabalho voluntário. A ideia da garota era embarcar para algum país longe de casa e trabalhar com pessoas realmente necessitadas, mas seus pais deram um toque e o trabalho voluntário da garota será auxiliar um ex-soldado numa cidade não tão longe da sua.

Este ex-soldado é Paul Langdon. O jovem vivei o horror da guerra no Afeganistão e viu coisas que deixaram uma ferida em sua alma. Desde a volta, com a perna machucada, não consegue aceitar viver enquanto muitos dos que estavam com ele foram mortos em batalha. Além disso, trazendo no rosto, na perna e dentro de si o retrato puro daquela guerra, ele não pensa na possibilidade de voltar a ser quem um dia foi.
Após expulsar diversos cuidadores, recebe a simpática Olivia com mais simpatia do que usou em todo o último ano, mas isso acaba mexendo com ele de forma negativa. Olhar e desejar Olivia, assim como ver que a resposta é positiva por parte dela, faz com que Paul perceba que seu antigo eu não está morto como ele gostaria que estivesse, e sim que pode vir à tona a qualquer momento. 
Paul e Olivia entram em um jogo de sedução que os faz abrir seus corações e colocar pra fora tudo aquilo que vêm segurando por tanto tempo e enquanto curam suas feridas, descobrem o amor um no outro.

***
Devo confessar que estava com um balde de expectativas baixas para este livro e acho que essa é a melhor forma para começar uma leitura. Meu primeiro contato com essa autora não foi tão impactante quanto eu esperava, então me segurei para esse e foi isso que fez a história ser tão legal pra mim.
A trama central gira em torno do casal protagonista e tudo o que eles passaram até aqui. As descobertas são feitas por etapas e isso faz com que a áurea de mistério nunca se perca, deixando o leitor intrigado do começo ao final do livro e de uma forma muito boa.

O romance vai sendo anexado de forma gradativa, o casal começa com uma forte atração sexual, mas logo percebem que o que querem está além disso. Quando começam a criar uma relação de amizade que os permite extravasarem todas as mágoas passadas, os libertando para uma vida mais leve e real, da forma como esperaram viver, talvez até juntos. 
O enredo é muito gostoso e a trama vai se desenvolvendo de forma muito calma e romântica, mesmo em um livro tão curto. Os personagens são cativantes, especialmente por serem falhos e os personagens secundários, que são poucos, dão um balanço muito interessante ao livro e se fazem presentes em partes muito importantes da trama.

Foi uma leitura prazerosa e muito divertida, com uma leve pitada erótica que deu ainda mais intensidade ao romance. Indico muito a leitura para quem quer intercalar entre leituras mais densas ou apenas quer relaxar numa dessas tardes. 
***
E aí, já leram? Não esquece de me contar o que acharam, estou bem curiosa.
Beijocas da Barb!

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário