• Livro: Imperfeitos - Recomeços 02
  • Autor: Lauren Layne
  • Editora: Paralela
  • Páginas: 280
Sinopse: Quantas vezes um mesmo coração aguenta ser despedaçado? Essa é a pergunta que atormenta Michael St. Claire, o ex-bon vivant que, após ser rejeitado por Olivia e abandonado pelo melhor amigo, deixa o glamour nova-iorquino para trás e vai trabalhar num clube de tênis numa cidadezinha no Texas. Há um motivo secreto por trás dessa escolha geográfica: é lá que se encontram seu pai biológico e seu meio-irmão, Devon, que não fazem ideia de sua existência.
O que o plano de Michael não previa era conhecer Chloe, a garota mais inteligente, sarcástica e original que ele já vira. Em pouco tempo, eles se tornam grandes amigos, e quando Michael descobre que Chloe é apaixonada por Devon ele resolve que irá ajudá-la. Mas será que dois corações rejeitados conseguem, juntos, construir um recomeço? Ou irão apenas se machucar, perdidos na eterna busca por aceitação e pertencimento?

Chloe Bellamy não esperava muitas coisas da vida. Ela sempre seria a gordinha, geek e apaixonada pelo namorado da sua irmã, que já era seu amigo antes de ser qualquer coisa dela. Sendo assim, Chloe não esperava muitas coisas deste último verão em casa antes de finalmente se formar na faculdade, mas suas expectativas são contrariadas quando ela vai assistir um dos treinos de tênis de sua irmã mais velha e acaba conhecendo o treinador da garota.

Michael St. Claire viu o mundo desabar diante dos seus olhos. Apaixonado pela namorado do melhor amigo, acabou perdendo ambos por conta de suas atitudes imaturas. Como desgraça pouca é bobagem, Michael descobre que o homem que lhe criou durante toda a vida não era seu pai biológico, sabia disso e juntamente com sua mãe escondeu-lhe a verdade.

Disposto a largar uma vida de erros para trás, Michael embarca para o Texas a fim de conhecer seu pai biológico. Todavia se aproximar dele não será fácil, o jovem então se aproxima de Kristin, namorada do seu meio-irmão tendo como objetivo conhecer um pouco mais a família. Seu único empecilho é Chloe, irmã caçula de Kristin e apaixonada pelo namorado da irmã, que logo se mostra uma garota divertida e solitária.

Michael e Chloe se aproximam de forma despretenciosa e isso faz com que os planos do garoto acabem cedendo. Na verdade ele nunca soube como iria abordar seu pai biológico ou qual o seu motivo para isso, a entrada de Chloe em sua vida o fez olhar mais pra si mesmo e deixar as coisas ao redor em segundo plano. A grande situação está na culpa que Michael sente com relação ao afastamento de Olivia e Ethan, seu melhor amigo, mesmo que eles já estejam em fases completamente diferentes da vida. Ainda assim é difícil para Michael seguir em frente, especialmente por não entender muito bem como o seu coração está se comportando.

***

Nos primeiros volumes de Recomeços vemos Michael como vilão da história, então devo confessar que já entrei na trama determinada a odiá-lo. Lauren, todavia, conseguiu driblar bem os meus sentimentos com relação ao personagem ao criar um protagonista que vivia a mesma situação que Michael já viveu. Chloe ama o namorado de sua irmã e ela sabe que isso é errado, mas não consegue deixar de amar. Perceber essa relação entre Chloe e seus sentimentos fez com que eu compreendesse um pouco o que Michael passou durante toda a sua vida. Veja bem, eu compreendi, mas isso não quer dizer que aceitei o que ele fez.

Chloe foi uma personagem incrível! Ela vivei à margem da irmã que era mais bonita e mais sociável que ela, por conta disso acabava se escondendo atrás da sua personalidade sarcástica e da ideia de zoar a si mesma, antes que qualquer pessoa o fizesse. No entanto, a forma como Chloe levava sua vida não lhe satisfazia, então quando Michael lhe oferece uma chance de mudança ela agarra aquilo com unhas e dentes; a garota tenta se enganar na ideia de que está fazendo tudo aqui para impressionar Devon, o namorado de sua irmã, mas na real suas escolhas são por si mesma e também para ficar mais próxima de Michael, a quem ela carinhosamente chama de Gostosão.

O relacionamento do casal protagonista não é imediato; eles começam a se envolver naquela clichê tentativa de se ajudarem a alcançar seus objetivos, mas acabam percebendo que têm mais em comum do que se esperava. Além disso, ambos cometeram muitos erros na vida e estão à margem de todas as outras pessoas. Se encontrar é como uma grande oportunidade de perdão que a vida está lhes dando.

Um dos pontos que mais agradou na trama foi a forma como ela foi desenvolvida. Lauren sabia que precisaria lidar com os sentimentos dos personagens antes de investir no romance, e foi isso que ela fez. Chloe e Michael mal se envolvem durante toda a trama, eles conhecem a si mesmos e um ao outro, dessa forma entram no relacionamento como dois inteiros.

Imperfeitos é um livro que aborda diversas questões interessantes que acaba passando desapercebido para a gente. Ao criar um livro onde ninguém é vilão, mas todos os personagens tem suas particularidades e cotas de erro na vida, Lauren Layne descreve a vida real. Ri, me envolvi, me emocionei e desejei que a história se estendesse por muitas outras páginas. Indico muitíssimo a leitura.

***

Já leu algo da Lauren Layne? Me conta aqui o que você achou 🙂

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário