• Livro: Conectadas
  • Autor: Clara Alves
  • Editora: Seguinte
  • Páginas: 320
Sinopse: Raíssa e Ayla se conheceram jogando Feéricos, um dos games mais populares do momento, e não se desgrudaram mais ― pelo menos virtualmente. Ayla sente que, com Raíssa, finalmente pode ser ela mesma. Raíssa, por sua vez, encontra em Ayla uma conexão que nunca teve com ninguém. Só tem um “pequeno” problema: Raíssa joga com um avatar masculino, então Ayla não sabe que está conversando com outra menina. Quanto mais as duas se envolvem, mais culpa Raíssa sente. Só que ela não está pronta para se assumir ― muito menos para perder a garota que ama. Então só vai levando a mentira adiante… Afinal, qual é a chance de as duas se conhecerem pessoalmente, morando em cidades diferentes? Bem alta, já que foi anunciada a primeira feira de Feéricos em São Paulo, o evento perfeito para esse encontro acontecer. Em um fim de semana repleto de cosplays, confidências e corações partidos, será que esse romance on-line conseguirá sobreviver à vida real?

Desde nova, Raíssa é viciada no jogo online Feéricos, que se tornou extremamente popular na web. No início ela sofreu muito com o machismo e o assédio dos gamers e por isso, mais madura, resolveu criar um avatar masculino, pra poder jogar sem precisar se preocupar com as piadinhas por ser uma menina.

Em uma partida do game, Raíssa conhece Ayla, que também sofre do mesmo mal e uma conexão nasce entre as duas, que se tornam grandes parceiras no cenário virtual de Feéricos. Mas há uma grande questão: Ayla não sabe que Raíssa é menina.

Por ter o avatar masculino, Raíssa acabou decidindo se passar por Leo, seu melhor amigo, para seguir conversando com Ayla, tendo em vista que a garota despertou sentimentos conflitantes dentro da garota. Raíssa é lésbica, mas ainda não se assumiu para ninguém e tem medo do que Ayla pode pensar se descobrir a verdade, apesar da culpa que sente por enganá-la.

No fundo, Raíssa sabe que essa conexão entre as duas será apenas virtual, até que uma grande feira organizada pela Nevasca Games, criadora de Feéricos, pode colocar tudo a perder. Raíssa vive em Sorocaba, Ayla em Campinas, e a chance de um encontro ao vivo era minúscula até essa feira ser anunciada.

Um concurso de cosplay é organizado pela Nevasca e o vencedor e um acompanhante serão levados para a feira com tudo pago. Raíssa é ótima em fazer cosplays e após os incentivos de Leo e Gabi, sua outra amiga, ela decide concorrer, tendo enormes chances de ganhar.

Porém, caso ganhe os ingressos e vá para São Paulo com Leo, quais as chances de Ayla também estar por lá? E se os três se encontrarem, estará Raíssa preparada para se soltar da rede de mentiras que construiu? E no final de tudo, será que as duas meninas conseguirão sair dessa situação sem se magoarem?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Clara Alves é outra sister Increasy minha e quando seu livro foi anunciado para publicação pela Editora Seguinte eu fiquei muito feliz. Então, assim que a editora disponibilizou um exemplar para solicitação, corri para pedir o meu e me aventurar nessa leitura, que junta vários elementos que eu adoro. E devo dizer que ficou tudo absolutamente fantástico.

A escrita de Clarinha é leve, fluida e envolvente. Comecei a ler o livro de manhã e no meio da tarde já havia finalizando, parando apenas para almoçar – tá, e assistir um episódio ou outro de Friends. Mas chegou um certo ponto do livro que eu não conseguia largá-lo e só sosseguei depois que virei a última página.

Conectadas é narrado em primeira pessoa, alternando as perspectivas de Raíssa e Ayla a cada capítulo. As duas personagens são bastante diferentes, com cenários familiares e personalidades bem distintas. Mesmo assim, as duas se completam de uma forma única, como se estivessem destinadas a se encontrarem.

Devo confessar que gostei um pouco mais da Ayla. Sua família está passando por um momento bastante conturbado e o relacionamento dos pais não é mais o mesmo. Para tentar ser notada, a menina começou a praticar atos de rebeldia, mas isso a está destruindo por dentro, a ponto de ela não saber mais quem é. Seu único porto seguro é sua relação virtual com Leo e meu coração apertava com medo de que ela se machucasse ainda mais quando descobrisse a verdade.

Clara Alves aborda nesse livro diversos assuntos significativos, como a importância da cultura de um povo (Ayla ser descendente de asiáticos foi um excelente ponto a ser desenvolvido) e a diversidade sexual. Nessa história temos um personagem assexual panromântico, uma lésbica e uma bissexual, todos muito bem construídos.

Eu não sou um fã dos jogos online, nunca tive paciência para essas tecnologias – olá, 85 anos de idade -, mas Clarinha desenvolveu Feéricos e toda a Nevasca Games tão bem que eu senti vontade de me aventurar nesse universo de jogos RPG e tudo mais. Tenho certeza que os fãs desses jogos vão se sentir realizados durante a leitura.

Conectadas é um livro maravilhoso, com todos os elementos fofos e necessários que uma história young adult precisa para fazer sucesso. Estou completamente apaixonado pela trama e pelos personagens, além da escrita da autora. Sendo assim, deixo aqui minha recomendação a todos vocês, porque realmente vale muito a pena!

*Resenha postada originalmente por mim no Blog Recanto da Mi.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário