• Livro: Sol em Júpiter
  • Autor: Lola Salgado
  • Editora: Harlequin
  • Páginas: 256
Sinopse: Sol Leão tem uma vida invejável. Bonita e autoconfiante, ela mora em um apartamento de frente para a praia e seu canal no YouTube, Delírios de Juba, acabou de atingir a marca de 6 milhões de inscritos. Para completar, acaba de ser pedida em casamento pelo homem dos seus sonhos. Mas será que seus dias são tão perfeitos quanto parecem ser nos vídeos e nas fotos do Instagram? Em um momento catastrófico, Sol conhece Júpiter, um rapaz de sorriso fácil e olhos incrivelmente azuis. Com o coração balançado, ela começa a questionar a vida que tem levado até agora e a imagem que se sente obrigada a manter para seus fãs. Quando, durante uma transmissão ao vivo para milhares de pessoas, Sol faz uma terrível descoberta, ela vê a muralha que tinha construído ao seu redor desmoronar e é obrigada a encarar medos e inseguranças do passado. Ainda bem que Júpiter está ali, com suas covinhas irresistíveis, para ajudá--la a encontrar forças dentro de si e dar a volta por cima, mostrando que a vida pode, sim, ser leve, mesmo quando o universo parece querer provar o contrário.

Sol Leão está vivendo a melhor fase de sua vida. Seu canal, Delírios da Juba, está crescendo cada dia mais e já ultrapassou 6 milhões de inscritos. E seu romance com André, um outro youtuber, está indo de vento em popa, ainda mais após ao lindíssimo pedido de casamento que ele fez. O grande problema é que Juba não parece muito satisfeita com tudo isso.

A verdade é que muito do que Juba prega nas redes sociais e em seus vídeos não condiz com sua realidade. A garota odeia usar salto alto e comer comidas fitness, mas é isso que ela acredita que seus seguidores querem ver, então está sempre tentando manter esse conteúdo, mesmo que isso a destrua por dentro. Mas isso está prestes a mudar quando a vida põe Júpiter em sua rota.

Juba precisa fazer presença VIP no lançamento de uma nova marca, mas um atraso pode colocar tudo a perder. Indo direto da casa da mãe, com roupas casuais e de chinelos, para o shopping, a menina tenta entrar no local desapercebida e enquanto se maquia no banheiro, percebe o erro que cometeu quando avista um rapaz usando o mictório – e encara ativamente seus dotes. É claro que ela foge sem olhar para trás e quer esquecer este dia catastrófico, mas ao voltar ao shopping em outra ocasião, ela não tem como escapar.

Enquanto tomava um café, Juba avista o rapaz do banheiro e tenta fugir dele como se sua vida dependesse disso. Mas é claro que os dois ficaram presos dentro de um elevador por horas até serem resgatados. Durante esse tempo juntos, Juba conhece um pouco mais sobre Júpiter e uma bela amizade começa a nascer entre os dois. Estar com Júpiter é fácil, pois perto dele ela pode ser a Sol de verdade e não a Juba que todos querem que ela seja.

Não fosse o bastante, toda vez que pensa em Júpiter um quentinho sobe para o coração de Juba. Será que ela está se apaixonando por seu novo amigo, mesmo estando noiva de outro cara? Como ela fará para lidar com essa gama de sentimentos conflitantes dentro de si? Sol não sabe ainda, só sabe que não consegue tirar aqueles olhos azuis penetrantes da cabeça.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Lola Salgado é outra sister da Increasy a qual eu sempre tive curiosidade em conhecer a escrita, ainda mais depois de conhecê-la pessoalmente e perceber que ela é uma fada maravilhosa! Então, na primeira oportunidade que tive, comprei meu exemplar de Sol em Júpiter e me joguei na leitura. Devo dizer pra vocês que me apaixonei e que fazia muito tempo que eu não lia uma história tão fofa.

A escrita de Lola é leve, fluida e envolvente. Iniciei a leitura e só consegui parar de ler quando estava virando a última página, tamanha minha empolgação. Lola tem um jeito muito natural de escrever, que prende o leitor e o insere na trama, tal como se fosse um personagem também. Somando isso com a narrativa em primeira pessoa pela perspectiva de Sol, o livro já nasceu para ser aclamado e sinônimo de sucesso.

Sol é uma personagem extremamente cativante. Ela começou o canal no YouTube para colocar para fora seus anseios, de forma que pudesse ajudar outras pessoas que passassem pelos mesmos problemas. Ela nunca imaginou que atingiria uma proporção tão grande, mas se deixou levar pelo sucesso. Não que ela tenha ficado arrogante ou algo do tipo, pelo contrário. O problema é que sua vida pública passou a ser controlada por quantas curtidas renderia, o que foi apagando sua real essência.

Júpiter é um cara maravilhoso que eu adoraria ter em minha vida. Ele é o mais velho de três irmãos e depois da morte do pai tomou para si a missão de proteger a família. O rapaz trabalha como gerente de uma loja no shopping, mas seu sonho é cursar uma universidade de Análise de Sistemas. A visão que ele tem do mundo é cativante e aos poucos Sol vai se deixando levar por isso, tentando viver a vida por viver, não para agradar os outros, o que conta muito para sua maturação.

O romance dos dois é muito bem construído. A cena inicial, onde eles se conhecem, foi uma das mais espontâneas – e divertidas – que já tive o prazer de ler. Lola não precisou abusar de clichês para convencer o leitor de que os dois precisavam ficar juntos. Mesmo quando tudo apontava para o contrário, eu torcia para que Sol desse um pé na bunda do babaca do André e pulasse nos braços de Júpiter.

O desfecho foi muito bonitinho e me deu aquele quentinho no coração. Não posso falar muito para não dar spoilers, mas posso adiantar que tudo vai valer a pena no final. Por isso, deixo aqui minha recomendação a todos vocês. Sol em Júpiter foi uma leitura que me cativou do início ao fim e já estou empolgado para ter mais livros da autora na minha estante. Se joguem nessa leitura.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário