• Livro: Espere Até Me Ver de Coroa
  • Autor: Leah Johnson
  • Editora: Alt
  • Páginas: 336
Sinopse: Liz Lighty sempre achou que fosse negra, pobre e estranha demais para brilhar em sua pequena cidade rica e obcecada por festas de formatura. Mas tudo bem, porque ela tem um plano: estudar na renomada Pennington College, onde fará parte de sua conhecida orquestra e, eventualmente, se tornará médica. No entanto, quando Liz descobre que não pode mais contar com a ajuda financeira que esperava, seus planos vão por água abaixo – até ela ser lembrada da bolsa de estudos que sua escola oferece para o rei e a rainha da festa de formatura. Não há nada que Liz odeie mais do que ser o centro das atenções. Ela não quer ter sua vida exposta nas redes sociais, lidar com concorrentes do nível Meninas Malvadas e ser obrigada a participar de uma série de eventos humilhantes. Mas ela está disposta a fazer o que for preciso para estudar em Pennington. A única coisa que torna tudo levemente suportável é a nova garota da escola, Mack. Ela é inteligente, engraçada, e tão estranha quanto Liz. Mas Mack também está na disputa pelo título de rainha. Será que se apaixonar pela concorrência impedirá Liz de conseguir a coroa... ou a colocará direto em sua cabeça?

Liz Lighty tem apenas dezessete anos, mas já tem todo seu futuro planejado. Ela conseguirá uma bolsa de estudos para a Pennington College, onde fará parte da orquestra e estudará para se tornar uma hematologista, para poder cuidar do irmão mais novo que sofre de anemia falciforme, a mesma doença que levou sua mãe tão cedo.

Não há dúvidas de que tudo dará certo, mas se não der, os avós de Liz, seus responsáveis, já deixaram claro que não medirão esforços para realizar os sonhos da neta, nem que precisem vender a casa em que vivem e se mudarem para um lugar menor. Então, quando Liz recebe a negativa da Pennington, ela sabe que precisa fazer algo sozinha, antes que seus avós realmente vendam seu lar e as lembranças que lá vivem.

E é aí que Liz se lembra de que os vencedores de Rei e Rainha do Baile de Formatura recebem um valor significativo como bolsa de estudos, o que pode ser a solução de todos os seus problemas… exceto pelo fato que Liz criou um muro ao redor de si durante todo o ensino médio e não tem a mínima chance de vencer como Rainha.

“Eu nasci realeza. Tudo o que eu precisava fazer era escolher minha coroa.”

Suas amigas, principalmente a espevitada Gabi Marino, pensam diferente e estão dispostas a ajudar Liz em seu caminho até o topo. Mas é claro que a inscrição de Liz para a Corte não vai agradar algumas pessoas, que não vão hesitar em querer derrubá-la, já que suas notas e trabalhos extracurriculares podem contar muitos pontos na competição.

Todo esse cenário de parecer agradável para conquistar votos deixa Liz louca, mas participar de tudo isso tem um ponto positivo: Mack, a aluna nova. A mãe de Mack foi rainha do baile em seu tempo e Mack decide se inscrever para sentir-se mais próxima dela. Logo de cara ela e Liz desenvolvem uma amizade e não demora para nossa protagonista perceber que sente algo a mais pela nova amiga. Mas será que vale a pena se apaixonar por sua concorrente?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Espere Até Me Ver de Coroa foi minha primeira leitura de 2021 e era um livro pelo qual eu estava ansioso desde o lançamento. Não é novidade pra ninguém que eu amo histórias de inclusão e representatividade e esta aqui está repleta destes fatores, afinal, temos uma protagonista negra e queer. Mas o livro é muito, muito mais do que isso.

A escrita de Leah Johnson é leve e muito envolvente. Comecei a leitura com a intenção de ler apenas alguns capítulos e quando me dei por conta, já estava na metade do livro. A narrativa é feita em primeira pessoa, pela perspectiva de Liz, e eu criei uma conexão com ela logo de cara, o que deixou o livro ainda mais fluido.

Os personagens são muito bem construídos. Liz é uma protagonista fabulosa. Ela é independente, muito inteligente e uma excelente musicista. Ela ainda guarda uma mágoa de seu ex-melhor amigo, Jordan, que foi quem a fez entrar em sua bolha – pelo medo da humilhação – e eu achei que trabalhar com ele seria um gatilho para ela, mas foi bem diferente, o que mostra a grande maturidade da nossa protagonista.

O livro toca em vários pontos delicados, mas gostei de ver a forma como Leah Johnson abordou a anemia falciforme. Esta é uma doença que muitos já ouviram falar, mas poucos sabem do que realmente se trata, assim como ela tem maior prevalência em indivíduos de raça negra ou mestiça. Tudo relacionado à condição foi muito bem escrito e detalhado, de uma forma natural. Amei demais.

O romance foi lindo de ver. A conexão entre Liz e Mack foi inegável desde a primeira interação entre as duas e ver uma bela amizade fluir para chegar em um relacionamento foi fantástico. Leah soube desenvolver as duas personagens muito bem, de forma que o amor entre elas cresceu gradualmente, assim como a confiança. No final, era impossível imaginar essas duas separadas.

O desfecho do livro foi sensacional. O que começou como uma simples campanha para rainha do baile se tornou uma luta pelo direito de ser quem é, pela representatividade, pela aceitação. A forma como a autora desenvolveu tudo pra chegar a esse ponto… não tenho palavras para descrever. Fiquei com lágrimas nos olhos algumas vezes e ainda mais apaixonado por Liz.

Espere Até Me Ver de Coroa foi uma grata surpresa e uma excelente primeira leitura para esse ano de 2021. Já quero mais livros de Leah Johnson sendo publicados e quero que mais pessoas conheçam essa obra magnífica, que vai conquistar até o coração mais duro. É um livro que vai te fazer rir, chorar, sentir raiva e, acima de tudo, aprender a respeitar o próximo.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário