• Livro: Sol e Tormenta (Grisha #02)
  • Autor: Leigh Bardugo
  • Editora: Planeta Minotauro
  • Páginas: 352
Sinopse: Na aguardada continuação de Sombra e Ossos, Alina e Maly precisam fugir das garras do Darkling após o terrível confronto na Dobra das Sombras. Apesar de finalmente ter se reunido com a pessoa mais importante de sua vida e de se ver livre do controle de Darkling e das pressões da corte, Alina está atormentada pela culpa depois dos acontecimentos na Dobra. Mas não há tempo para reflexões quando o seu principal objetivo é sobreviver. Nessa fuga frenética, em que precisa correr por sua vida e pelo destino de seu país, a Conjuradora do Sol acaba encontrando aliados – e inimigos – em figuras que nunca imaginou, como no corsário misterioso que é muito mais do que aparenta ser. Por sua vez, o Darkling está mais poderoso e determinado do que nunca. Com um novo poder assustador e extremamente perigoso, ele não irá poupar esforços para encontrar Alina e conquistar o trono de Ravka. O cerco está se fechando.

Após os eventos na Dobra das Sombras, Alina conseguiu escapar das garras do Darkling. Agora, ao lado de Maly, ela precisa encontrar uma forma de se esconder do poder sombrio do Grisha. Mas é claro que sua fuga não vai durar muito tempo, já que o Darkling está determinado a cumprir seus planos, aos quais o poder de Alina é fundamental.

Novamente capturada, Alina se vê a bordo de um navio, onde o pirata mais conhecido de Ravka, Sturmhond, é o capitão. Não demora muito para que a jovem Grisha descubra quais são os planos do Darkling. O Senhor das Sombras deseja encontrar o Dragão de Gelo, Rusalye, de forma a construir um segundo amplificador para Alina. Apenas as habilidades de Maly em rastrear podem ser úteis para encontrar esse outro mito.

Quando o Rusalye é capturado, as coisas saem de controle. Sturmhond, que parecia trabalhar com o Darkling, se vira contra o Grisha e ajuda Alina e Maly a escaparem mais uma vez. Agora, Alina tem mais um amplificador e é dona dos próprios poderes outra vez. As histórias falam sobre um terceiro amplificador e Alina tem a certeza de que precisa de mais esta ferramenta se quiser derrotar Darkling e seu exército de uma vez por todas. A grande pergunta é: a que preço?

Sturmhond se mostra um aliado improvável e junto dele e sua comitiva, Alina e Maly se veem de volta à Ravka. Em Os Alta, a jovem Grisha descobrirá mais sobre o que aconteceu depois que partiu. Alina sabe que uma guerra entre os Grisha se aproxima e ela deverá liderar seu próprio exército contra o Darkling. Só que quando ela começa a ser assombrada pelas sombras do seu ex-mestre, ela percebe que seu tempo está acabando antes da iminente ameaça. Será que ela conseguirá se preparar a tempo?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Eu li Sombra e Ossos no início do ano e me apaixonei completamente pelo universo Grisha. Eu estava super empolgado em fazer a leitura do segundo volume, mas por motivos de força maior, fui deixando a leitura para depois. Até que, no início deste mês, decidi que era o momento de correr atrás. E o sentimento que ficou foi de “por que eu não li isso antes, meu Deus?”.

A escrita de Leigh Bardugo é simplesmente viciante. A autora sabe como construir uma narrativa que prende o leitor desde o começo e não solta até o virar da última página. Esse segundo volume conta com um ritmo alucinante, onde tudo que acontece é de suma importância. Bardugo soube dosar bem as cenas de ação, romance e aventura, sem cair na mesmice. Finalizei a leitura em dois dias, completamente apaixonado.

A narrativa segue em primeira pessoa, pela perspectiva de Alina. No começo da história, a jovem está muito fraca por não poder liberar seus poderes de Conjuradora do Sol, mas após seu encontro com o Rusalye, ela está mais forte do que nunca. Mas administrar tamanho poder não será nada fácil, ainda mais quando a imagem do Darkling começa a assombrá-la nos momentos mais inoportunos.

A relação de Alina e Maly não está sendo fácil. O rapaz abriu mão de tudo para protegê-la e não está muito satisfeito em ver a amada se colocar no centro de uma guerra. Além disso, o passado de Alina com o Darkling também assombra Maly e ele tem medo de perdê-la para o rival, o que o faz tomar algumas atitudes bem impulsivas para manter-se longe dela. Deu vontade de entrar no livro algumas vezes e lhe dar uns bons sopapos.

Tamar e Tolya foram dois personagens novos nessa história que me conquistaram desde o início. Os gêmeos Grisha trabalham ao lado do Sturmhond e se aliam imediatamente à Alina, crentes de que ela será a salvação que o mundo espera. Sturmhond é outro personagem extremamente interessante. Eu já gostei dele de cara, mas depois de saber sua real identidade, foi difícil não me apaixonar ainda mais. Tenho certeza de que ele ainda vai me surpreender muito nos próximos episódios do Grishaverso.

O final foi de tirar o fôlego! Leigh soube construir um clímax tenso, onde tudo parecia impossível de ser resolvido, mas aí ela foi lá e me surpreendeu novamente. Finalizei a leitura completamente apaixonado por essa obra e já estou com altas expectativas para Ruína e Ascensão, a conclusão desta trilogia, que lerei o mais breve possível.

Em resumo, Sol e Tormenta é um livro bem escrito, instigante e eletrizante, daqueles que você só consegue largar depois de virar a última página. É uma excelente continuidade para uma série que começou super bem e tenho certeza que se você gostou de Sombra e Ossos vai amar esse segundo volume. Sem sombra de dúvidas, deixo aqui minha recomendação. Se joguem nessa leitura e não irão se arrepender, eu garanto!

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário