• Livro: Uma noite inesquecível
  • Autor: Lisa Kleypas
  • Editora: Arqueiro
  • Páginas: 192
Sinopse: O Natal está se aproximando e Rafe Bowman acaba de chegar a Londres para uma união arranjada com Natalie Blandford. Com sua beleza e físico imponentes, ele tem certeza de que a dama logo cairá a seus pés. No entanto, seus modos americanos e sua péssima reputação deixam Hannah, a prima da moça, chocada. Determinada a proteger Natalie, ela vai tornar a tarefa de cortejar a jovem muito mais difícil do que Rafe esperava.Hannah, porém, logo começa a se importar mais do que gostaria com Rafe, que por sua vez, passa a apreciar um pouco demais a companhia de Hannah. E quando Daisy, Lillian, Annabelle e Evie decidem agir como cupidos, quem sabe o que pode acontecer? Uma noite inesquecível é marcado pelos diálogos espirituosos e personagens memoráveis que consagraram Lisa Kleypas como uma das autoras de romances de época mais aclamadas pelo público. Nesta continuação da série As Quatro Estações do Amor, os mais cínicos se tornam românticos e até os mais tímidos suspiram, arrebatados de paixão.

No post de hoje vou falar sobre o spin-off de uma série que eu amo muito e que já estava morta de curiosidade quando a leitura. Espero muito que vocês gostem ♥

Após o casamento de Lillian e Daisy, chegou a hora de Rafe Bowman subir ao altar e é claro que a escolhida teria que ser uma moça britânica. Como condição para assumir parte da empresa do pai, o herdeiro da fortuna dos Bowmans deveria se casar com uma Lady Inglesa, a qual traria ainda mais reputação para a família americana não muito reverenciada em Londres.

Rafe chega à Europa pronto para pedir a mão de Lady Natalie Blandford em casamento e ele pouco se interessa em saber se vai gostar ou não da jovem, estando preparado para um casamento de conveniência que irá lhe libertar das garras do pai de uma vez por todas.
Todavia, Rafe é barrado por Hannah, a prima e dama de companhia de Lady Natalie, que acha o fanfarrão um péssimo partido e não acredita que Natie deva se casar com um homem do qual não gosta, só por sua fortuna. A ferocidade com que Hannah defende os interesses da prima acabam por fazer Rafe se questionar sobre os próprios interesses e talvez, para ele, não pareça mais ser interessante desposar uma mulher pensando apenas nos benefícios financeiros disso.

Às vésperas da celebração de natal que ocorrerá na casa de campo do Duque de Westcliff, cunhado de Rafe e esposo de Lillian, o herdeiro dos Bowman e Hannah terão mais tempo para se conhecerem e a centelha de desejo que se acendeu no primeiro encontro, torna-se uma fogueiro de paixão, mas as divergências sociais podem acabar com esse relacionamento que sequer começou… Ou talvez não.

***
Neste spin-off, Lisa Kleypas abordou uma questão social que ainda não havia sido muito comentada nos volumes anteriores da trama. Com uma jovem sem berço nenhum e um herdeiro que na verdade não precisa tanto assim de sua herança, ela criou uma história envolvente e contagiante, deixando o leitor obcecado pelo final que parecia nunca chegar, mesmo em se tratar de um livro curto.
Hannah faz a linha certinha. Ela sabe que não conseguirá um bom casamento e que nunca terá a chance de se casar por amor, por isso quando vê esse sonho sendo roubado da prima, não pensa duas vezes antes de interceder, como se tudo estivesse realmente acontecendo com ela. Rafe é a definição de um libertino. Ele sabe o que quer da vida e não mede esforços para conseguir, seja isso algumas libras a mais em sua conta, ou o coração de uma donzela.
A presença das personagens anteriores deu um ar mais intimista ao livro, principalmente por não conhecermos nenhum dos personagens protagonistas da trama. Adorei ter um pouco mais do felizes para sempre de cada casal e curti como cada um teve um pedaço da história para chamar de seu.
Lisa Kleypas conseguiu satisfazer a minha curiosidade quanto aos personagens antigos e ainda trazer um novo casal incrível, bem como personagens secundários apaixonantes, num maravilhoso clima natalino com direito a um pinheiro imenso. Pra quê melhor? Adorei e super indico a leitura, uma das minhas séries favoritas, definitivamente.
***
Já leram a série das Folhas Secas? Me conta o que acharam, vou adorar saber. Se não leram, aproveita para me falar se bateu aquela curiosidade.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário