• Livro: A Biblioteca de Meia-noite
  • Autor: Matt Haig
  • Editora: Bertrand Brasil
  • Páginas: 308
Sinopse: A Biblioteca da Meia-Noite é um romance incrível que fala dos infinitos rumos que a vida pode tomar e da busca incessante pelo rumo certo. Aos 35 anos, Nora Seed é uma mulher cheia de talentos e poucas conquistas. Arrependida das escolhas que fez no passado, ela vive se perguntando o que poderia ter acontecido caso tivesse vivido de maneira diferente. Após ser demitida e seu gato ser atropelado, Nora vê pouco sentido em sua existência e decide colocar um ponto final em tudo. Porém, quando se vê na Biblioteca da Meia-Noite, Nora ganha uma oportunidade única de viver todas as vidas que poderia ter vivido.Neste lugar entre a vida e a morte, e graças à ajuda de uma velha amiga, Nora pode, finalmente, se mudar para a Austrália, reatar relacionamentos antigos – ou começar outros –, ser uma estrela do rock, uma glaciologista, uma nadadora olímpica... enfim, as opções são infinitas. Mas será que alguma dessas outras vidas é realmente melhor do que a que ela já tem?Em A Biblioteca da Meia-Noite, Nora Seed se vê exatamente na situação pela qual todos gostaríamos de poder passar: voltar no tempo e desfazer algo de que nos arrependemos. Diante dessa possibilidade, Nora faz um mergulho interior viajando pelos livros da Biblioteca da Meia-Noite até entender o que é verdadeiramente importante na vida e o que faz, de fato, com que ela valha a pena ser vivida.

Aos 35 anos a vida de Nora Seed não é nada do que ela imaginava quando mais nova. Ela, que era uma excelente nadadora, participou de uma banda de rock promissora e tinha um noivo que a amava muito, hoje é uma mulher solitária, com um diploma de filosofia guardado na gaveta e um emprego meia boca.

No mesmo dia que descobre que seu gato morreu, Nora perde seu emprego e sua fonte de renda alternativa. Para ajudar, ela encontra o amigo do irmão que a culpa por ter deixado a bando no auge deles, com contrato fechado com uma gravadora. Tendo a certeza que ninguém sentirá sua falta e que ela é um fardo para a sociedade, Nora decide tirar a própria vida.

Tudo que Nora queria era acabar com a tristeza que a consumia, mas quando acorda, ela está em um lugar diferente do que ela esperava ser o além. Quem a recepciona é a Sra. Elm, a antiga bibliotecária de sua escola e, aos poucos, Nora vai entendendo o que está acontecendo.

A verdade é que a moça foi para a Biblioteca da Meia-noite, um lugar onde estão arquivados os livros de todas as vidas que ela poderia ter vivido caso tivesse tomado decisões diferentes. Uma vida para caso ela tivesse investido na carreira de nadadora, outra para caso ela fosse uma estrela do rock, outra para se ela tivesse se casado, e por aí vaí.

Nora terá agora a chance de experimentar um pouco dessas vidas e se encontrar aquela em que deseja ficar, logo a Biblioteca será apenas uma lembrança no fundo de sua memória. Porém, seu livro dos arrependimentos é gigantesco e ela precisará enfrentar um por um em busca de sua felicidade. Será que ela conseguirá encontrar seu final feliz?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

A Biblioteca da Meia-noite, de Matt Haig, é um lançamento do mês de setembro da Editora Bertrand Brasil. Tendo sido publicado primeiramente através da TAG Inéditos, o livro foi bastante comentado e eu estava ansioso para fazer essa leitura. Então, quando a editora ofereceu um exemplar para resenha, me joguei na oportunidade e não poderia estar mais feliz com esta decisão.

A escrita de Matt Haig é leve, fluida e muito envolvente. Iniciei a leitura totalmente sem pretensão, apenas para conferir o início da narrativa e quando me dei por conta já estava na metade da história, completamente envolvido e ansioso para saber como tudo terminaria. E por isso, é claro, só consegui largar o livro depois de virar a última página.

O livro é narrado em terceira pessoa, acompanhando a perspectiva de Nora. Foi muito fácil criar empatia pela personagem. Acho que todos já se sentiram inúteis ou culpados pela infelicidade alheia, mesmo que por apenas um momento. No caso de Nora, foi uma sucessão de eventos infelizes que a levaram ao ponto de desistir de tudo e eu só torcia para que, no final, tudo se resolvesse.

Falando em final, o que eu posso dizer deste desfecho?! Parecia tudo estar tão bem, mas o livro ainda tinha umas boas páginas e meu coração já começou a se apertar com as inúmeras possibilidades que ainda poderiam estar por vir. Mas o que posso dizer, sem dar spoilers, é que Matt concluiu a trama da melhor forma possível, me enchendo de emoção e reflexões.

A Biblioteca da Meia-noite é um livro envolvente e reflexivo, com uma trama bem construída e personagens cativantes. É aquele tipo de história que vai te acompanhar por um bom tempo, mesmo após o término da leitura. Sem sombra de dúvidas eu recomendo essa obra a todos. Tenho certeza que irão se encantar assim como eu.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário