• Livro: Última Parada
  • Autor: Casey McQuiston
  • Editora: Seguinte
  • Páginas: 400
Sinopse: Aos vinte e três anos, August Landry tem uma visão bastante cética sobre a vida. Quando se muda para Nova York e passa a dividir apartamento com as pessoas mais excêntricas ― e encantadoras ― que já conheceu, tudo o que quer é construir um futuro sólido e sem surpresas, diferente da vida que teve ao lado da mãe. Até que Jane aparece. No vagão do metrô, em um dia que tinha tudo para ser um fracasso, August dá de cara com uma garota de jaqueta de couro e jeans rasgado sorrindo para ela. As duas passam a se encontrar o tempo todo e logo se envolvem, mas há um pequeno detalhe: Jane pertence, na verdade, aos anos 1970 e está perdida no tempo ― mais especificamente naquela linha de metrô, de onde nunca consegue sair. August fará de tudo para ajudá-la, mas para isso terá que confrontar o próprio passado ― e, de uma vez por todas, começar a acreditar que o impossível às vezes pode se tornar realidade.

Aos 23 anos August mudou-se para Nova York e está prestes a se formar na faculdade. Ela conseguiu um bom apartamento, com os colegas de quarto mais excêntricos possíveis e, aos poucos, está saindo da concha e criando conexões, algo que até então era difícil para ela. E é aí que Jane aparece em sua vida.

Numa manhã onde tudo parecia estar dando errado, August pega o metrô na linha Q e é salva de mais uma humilhação por Jane. As duas trocam poucas palavras, mas August não consegue tirar a menina da cabeça, estando completamente encantada por ela.

Conforme mais tempo vai passando, August vai percebendo que não interessa onde ela pegue o metrô ou que horário: ela sempre encontra Jane. Algumas pistas lhe fazem perceber que existe algo errado e não demora muito para que ela descubra o quê. Jane pertence originalmente aos anos 70 e está presa numa fenda temporal há 40 anos.

Para salvar sua nova crush, August precisará entrar em uma investigação e usar seus melhores atributos para saber mais sobre Jane, já que a garota não tem lembranças de sua vida anterior. Mas caso August consiga reverter a situação de Jane, ela estará preparada para se despedir, ainda mais quando novos sentimentos parecem surgir entre as duas?

Casey McQuinston é uma autora que eu amei conhecer. Vermelho, Branco e Sangue Azul é um dos meus livros favoritos. Eu estava com muita expectativa para Última Parada e devo dizer que foi uma história que me surpreendeu bastante. Com uma escrita fluida e envolvente, Casey me prendeu em sua narrativa e eu li o livro super rápido.

Eu amei como a autora desenvolveu todo o mistério em torno de Jane e como foi soltando pistas, aparentemente aleatórias, para então ir juntando-as no mesmo quebra-cabeças no final. Além disso, a conexão entre August e Jane foi super bem desenvolvida e a química é incontestável.

Os personagens são o ponto alto dessa história. Todos são incríveis e poderiam ganhar suas próprias histórias, que eu leria tranquilamente.

Última Parada é um livro fofo, divertido e muito bem escrito, com personagens irreverentes e uma boa dose de romance. É uma obra que eu super recomendo.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário